Aumento do roubo e furto de veículos preocupa seguradoras


O aumento no índice de roubo e furtos de carros, a forte concorrência e a queda da taxa de juros são preocupações para o mercado segurador no segmento de automóvel, segundo o diretor da Porto Seguro Seguros, Rivaldo Leite. “As tarifas não estavam calculadas para isso. O mercado de seguros tem precisa ter lucro operacional, não dá mais para contar com o lucro financeiro”.

Em bate-papo com os profissionais da Câmara dos Corretores de Seguros do Estado de São Paulo, presidido por Pedro Barbato Filho, na segunda-feira, 25 de junho, Rivaldo tratou do atual cenário e dos produtos da companhia.

Segundo estatísticas da Secretaria da Segurança Pública, entre janeiro e maio deste ano, o número de roubos e furtos de veículos (carros e motos), cresceu  48,6% e totalizou 3.554 casos.

Para o presidente da Aconseg-SP, Jorge Teixeira Barbosa, o aumento do índice de roubo e furto em São Paulo impacta a rentabilidade das companhias e também dos corretores. “O índice prejudica os resultados das companhias, uma vez que as tarifas não estavam calculadas de acordo. Se a tendência permanecer, teremos aumento no prêmio médio, o que dificultará a argumentação dos corretores junto aos clientes no momento da renovação do seguro”, alerta.


http://www.cqcs.com.br/ (29/06/2012)