Redução do IPI alavanca vendas de carros e novas apólices


Com a redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), as vendas diárias de veículos tiveram um crescimento de 7,7% nos primeiros dias úteis de junho. De acordo com a Agência AutoInforme, neste período, foram vendidos 85.569 unidades, uma média diária de 15,8 mil de autos.

“Esse momento para o nosso mercado de seguros de automóveis é bastante interessante porque com a venda de carros, automaticamente há mais fechamentos de seguros”, comenta o diretor de Automóveis da Marítima Seguros, José Carlos de Oliveira, que destaca a importância da estratégia do Governo para as classes C e D, trazendo para essas populações a realização de um sonho e qualidade de vida.

O executivo também aponta a necessidade de o corretor de seguros está alinhado aos acontecimentos, para acompanhar a fase. “Ele tem que entrar na mesma ‘onda’. Assim como o consumidor final fica feliz por comprar seu carro, o corretor também vai ganhar um novo cliente. Para aproveitar esse momento, é preciso sempre trabalhar com as seguradoras parceiras, buscando não somente o preço, mas o melhor serviço, atendimento rápido e uma presença constante, com processos de indenizações rápidos”, explica.


Porém, é preciso lembrar que nem tudo “são flores”, e por isso o executivo chama atenção para a preocupação do mercado quanto à queda dos valores dos impostos. “Esse é um momento de atenção para as seguradoras, por que os carros estão caindo de preço, mas os custos de reparação e as peças não. Em uma situação dessas, seria interessante que o Governo não isentasse somente o valor dos veículos, como também das peças, já que esse é o custo que as seguradoras têm para fazer os reparos”, finaliza.


 (10/07/2012)