SulAmérica aposta em cobertura para veículos financiados


De olho na possibilidade do aumento de vendas de veículos com o incentivo do governo, a SulAmérica desenvolveu cobertura inédita no mercado de seguros de automóveis. A cobertura para Saldo de Financiamento garante o pagamento da diferença entre a indenização do sinistro de perda total (seja por acidente, furto ou roubo) e o saldo devedor do contrato de financiamento em até 20% do valor de mercado do carro (conforme a tabela Fipe), tornando-se uma importante aliada para a saúde financeira daqueles que tiverem perda total de um veículo financiado.

Até agora, o mercado ofertava apenas a possibilidade de restituição do valor do bem, enquanto que a nova cobertura da SulAmérica oferece a oportunidade de quitação das parcelas futuras devidas, diretamente, à financeira. No entanto, é importante destacar que a cobertura não cobre débitos em atraso.

Para ter direito à quitação integral do financiamento, em caso de perda total, o saldo devedor do segurado não pode ultrapassar o teto da indenização contratada, que varia de 5%, 10% a 20% sobre a tabela Fipe vigente, utilizada como referência nas indenizações. Estudos mostram que, no Brasil, o carro no primeiro ano de uso sofre uma depreciação, em média, de 15%. Porém, segundo dados do Banco Central, a taxa de juros para operações de crédito envolvendo veículos variava de 0,7% a 5,14% ao mês.

"Nossa intenção é cada vez mais lançar produtos e coberturas que atendam às necessidades dos clientes e tragam diferenciais frente à concorrência", afirma Eduardo Dal Ri, diretor de automóveis da seguradora.


http://www.cqcs.com.br (18/09/2012)