Seguro do carro antigo pode ficar 30% mais barato


O dono de carro com mais de dez anos de uso está mais próximo de poder contratar uma apólice 30% mais barata, na média. Isso porque a Federação Nacional de Seguros Gerais tem como proposta que, durante os reparos, esses automóveis recebam peças originais usadas, com certificado de garantia.

A reparação de um veículo mais antigo tem o mesmo custo de um novo. Dessa maneira, o dono de um veículo zero quilômetro, que custa R$ 30 mil, e o de um mais velho, que sai por R$ 15 mil, desembolsarão o mesmo valor, para comprar determinada peça para o conserto. Com isso, em relação ao preço do automóvel, o segundo consumidor do exemplo gastará mais do que o primeiro. E isso inviabiliza a proteção popular.

Outras propostas

De acordo com a entidade, a proposta será enviada à Superintendência de Seguros Privados (Susep). A Fenseg ainda tem outras duas idéias para viabilizar esse menor preço.

A primeira delas trata sobre a indenização integral: o pagamento seria efetuado até certo percentual, uma espécie de teto. A outra é a isenção do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), que tem alíquota de 7%.

Gazeta do Sul


Gazeta do Sul (20/06/2007)